Reflexões para o ano

Rafael Ribeiro reflete sobre os aprendizados do ano de 2020


Após a trip que fiz pra Mentawai, já voltei pra Salvador sabendo que estaria diante da pior época do ano. Ondas pequenas, sem força, sem tubos e com muito crowd. Mas, desde que comecei a surfar de pranchão, tudo está lindo. Desde meio metro mexido em beach break até 10 pés tubular em reefs. Então aqui entra uma grande lição que aprendi depois que fui morar em São Paulo: estar na água em uma condição péssima, é melhor do que fazendo qualquer outra coisa. Então, quem tem a possibilidade, vá surfar. Na pior das hipóteses, você mantém o condicionamento físico.

Isso entra em comunhão com o próprio título do texto: 2020 foi um ano terrível ou épico? Isso vai depender claramente de como você escolhe viver o problema. O mar pode estar clássico e você fica chateado porque está crowd. As ondas estão tubulares, mas o mar não está glass. A Indonésia abriu para trips, mas abriu tarde!

Então, que tal a gente olhar sempre a primeira parte das frases.

- O mar está clássico.
- As ondas estão tubulares
- A Indonésia abriu para trips

Veja como isso pode mudar completamente a sua percepção das situações. 2020 na minha opinião foi um ano especial. Exigiu de mim um crescimento pessoal, profissional e ainda me proporcionou o melhor ano de surf desde que comecei a pegar ondas em 1992, aos 12 anos. Sofremos sim, mas acredito que esse foi um tempo para cada um rever a sua própria vida e as suas próprias escolhas.

2021 já chegou e com ele virá uma La ninã muito forte, que trará, provavelmente, diversas ondulações de sul para o litoral do Brasil. É certeza isso? Não, mas, lembre, tudo depende de como você enxerga a situação. Entrou um swell forte de sul, mas veio numa semana com a maré errada ou mesmo com vento forte.

Você vai agradecer de ter a ondulação ou ficar chateado porque não está do jeito que você sonhou?

Bom ano novo a todos e que 2021 seja um ano igualmente bom como os demais, afinal, tudo sempre depende de você e de suas escolhas.

Oss!

PUBLICIDADE

Relacionadas

Conheça a emocionante história de vida da surfista cearense Juliana do Santos

Rafael Ribeiro reflete sobre os aprendizados do ano de 2020

Associação de Surf de Ilhéus divulga calendário de competições para 2021

Num ano atípico, Rafael Ribeiro conta sobre as ondas surfadas em 2020

Adalvo Argolo vence eleição on line e se reelege como presidente da Confederação Brasileira de Surf

Maria Eduarda e Rayan Fadul são selecionados para programa Bolsa Escolar oferecido pela ISA

Depois de ter eleição suspensa por Tribunal, CBSurf anuncia nova data e terá Assembleia virtual

Rafael Ribeiro faz uma reflexão sobre os esportes e a vida durante o ano de 2020