Ilhados em Amaralina

Churrasco inusitado na praia de Amaralina vira polêmica depois de grupo ficar ilhado na maré cheia


Um churrasco inusitado acabou virando polêmica na praia de Amaralina, na tarde da última quarta-feira (19), na pequena ilha de pedras que fica ao lado esquerdo do point conhecido como Caraca.

Com a maré enchente, o grupo formado por três homens e duas mulheres ficou "ilhado" e algumas pessoas acionaram o GMAR (Grupamento Marítimo dos Bombeiros Militar), batalhão especializado em salvamento aquático e outros procedimentos.

De acordo com o site Bnews.com.br, o grupo teria se recusado a deixar o local, afirmando que só sairia da ilha depois do pôr do sol, quando a maré já estaria secando.

A utilização das praias de Salvador seguem proibidas por decreto municipal durante a pandemia do coronavírus.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Acabou a novela, o grupo que estava “Ilhados” em Amaralina. E graças a Deus todos estão bem!

Uma publicação compartilhada por NORDESTeuSOU (@nordesteusou) em

PUBLICIDADE

Relacionadas

Grupo de orcas surpreende embarcação com pescadores em praia próxima a Itacimirim

Churrasco inusitado na praia de Amaralina vira polêmica depois de grupo ficar ilhado na maré cheia

Enquanto as discussões sobre o avanço da maré em Ilhéus tomam conta das redes sociais, a Praia do Norte pede socorro

Avanço da maré volta a provocar prejuízos e destruição na praia do Norte, em Ilhéus

Nova mancha de óleo surge em praia do litoral norte de Ilhéus (BA)

Molusco desperta curiosidade de surfistas e banhistas no litoral baiano

Filhote de orca encalha na praia de Guarajuba e é sacrificado no dia seguinte

Engajada na luta contra o coronavírus, Guarda Civil Municipal pede a colaboração dos surfistas na capital baiana