Susto no paraíso

Surfista baiano tem braço mordido por tubarão em Fernando de Noronha


Ricardo Bulhões leva mordida de tubarão durante session em Noronha. Fotos: Ana Clara Marinho / TV Globo e Léo Veras.

O surfista baiano Ricardo Bulhões, de apenas 20 anos, levou um grande susto em Fernando de Noronha (PE), na última sexta-feira (12/1).

Durante uma session na Praia da Conceição, no fim da tarde, Ricardo caiu da prancha e teve o braço mordido.

Em depoimento ao Globo.com, Ricardo disse que não sentiu muitas dores. “Eu estava surfando, caí e senti um puxão. Não doeu, foi mais uma pressão”, disse o baiano.

Ricardo foi medicado, levou 15 pontos no braço e teve alta.

Especialistas acreditam houve uma reação defensiva depois que o surfista caiu da prancha. “As informações que colhi me levam a acreditar que houve uma reação defensiva de um tubarão. O rapaz caiu em cima do tubarão, o animal prendeu o braço e cuspiu. Por isso o ferimento é leve e não houve perda muscular. Vou analisar para identificar a espécie desse incidente, pode ser tubarão limão, tigre ou de recifes. Isso não é um ataque, é um incidente”, disse Léo Veras.

O surfista baiano tratou a situação com humor. “Estou feliz, tenho história pra contar, ganhei uma tatuagem natural”, brincou Ricardo Bulhões.

Fonte: Globo.com

PUBLICIDADE

Relacionadas

Grupo de orcas surpreende embarcação com pescadores em praia próxima a Itacimirim

Churrasco inusitado na praia de Amaralina vira polêmica depois de grupo ficar ilhado na maré cheia

Enquanto as discussões sobre o avanço da maré em Ilhéus tomam conta das redes sociais, a Praia do Norte pede socorro

Avanço da maré volta a provocar prejuízos e destruição na praia do Norte, em Ilhéus

Nova mancha de óleo surge em praia do litoral norte de Ilhéus (BA)

Molusco desperta curiosidade de surfistas e banhistas no litoral baiano

Filhote de orca encalha na praia de Guarajuba e é sacrificado no dia seguinte

Engajada na luta contra o coronavírus, Guarda Civil Municipal pede a colaboração dos surfistas na capital baiana