Vitória inédita

Ella Williams garante primeiro título mundial da Nova Zelândia na história da ASP


A  decisão do título mundial Pro Junior foi entre a havaiana Tatiana Weston-Webb e a neozelandesa Ella Williams, que passaram por Chelsea Tuach de Barbados e Johanne Defay da França, respectivamente, nas semifinais. Já na grande final não entraram muitas ondas boas para as meninas na Praia da Joaquina e Ella Williams garantiu o primeiro título mundial da Nova Zelândia na história da ASP com as notas 5,30 e 6,67 das últimas ondas que surfou na bateria.

"Isso é como um sonho se tornando realidade para mim", vibrou Ella Williams. "Estou muito feliz e nem sei descrever direito o que estou sentindo agora, só sei que está sendo incrível este momento que certamente vai ficar marcado na minha vida. Foi muito difícil chegar até aqui, porque todas as meninas estavam surfando muito bem e acho que tive muita sorte porque não entraram muitas ondas boas na final. Estou muito feliz, muito mesmo, foi incrível tudo que aconteceu comigo hoje (sábado) aqui".

Depois de grandes apresentações durante todo o evento, a havaiana Tatiana Weston-Webb teve que se contentar com o vice-campeonato no HD World Junior Championship. Ela só conseguiu surfar uma onda regular nota 5,33 e acabou perdendo o título por 11,97 a 9,23 pontos. A vitória na final feminina valeu um prêmio de 7.500 dólares para Ella Williams, enquanto a havaiana recebeu 4.000 dólares pelo segundo lugar na Praia da Joaquina.

"Estou um pouco decepcionada por ter perdido a final, mas sou bem nova ainda e terei outras oportunidades", disse Tatiana Weston-Webb, visivelmente chateada por não ter achado as ondas que encontrou nas outras baterias que disputou na Praia da Joaquina. "No fim, tudo se resume as duas melhores ondas e a Ella (Williams) teve mais sorte do que nessa final. É difícil aceitar uma derrota assim, quase sem surfar, mas existe sempre o próximo ano".

As grandes favoritas ao título feminino eram as duas tops do WCT 2014 que participaram do HD World Junior Championship. Vice-campeã nas duas últimas edições do Mundial Pro Junior da ASP, a sul-africana Bianca Buitendag foi batida por décimos de diferença pela surfista de Barbados, Chelsea Tuach, 12,30 a 12,17 pontos. O mesmo aconteceu para a francesa Johanne Defay na semifinal contra a campeã Ella Williams, que levou a melhor por 10,34 a 10,06 pontos. Johanne dividiu o terceiro lugar com Chelsea Tuach em Florianópolis.

O HD World Junior Championship 2013 foi apresentado pela Devassa e distribuiu uma premiação total de 130 mil dólares nas duas categorias. O evento homologado pela Association of Surfing Professionals (ASP) foi realizado pela Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e Associação de Surf da Joaquina (ASJ), com patrocínio da marca de surfwear HD, Ecco Energy, Cup Noodles e apoio do FUNDESPORTE do Governo do Estado de Santa Catarina e da Prefeitura Municipal de Florianópolis, através da Secretaria Municipal de Turismo, com divulgação oficial pela Rede Atlântida, Revista Fluir e Site Waves.

PUBLICIDADE

Relacionadas

Chloé Calmon é homenageada pela conquista da medalha de ouro no Pan-Americano no clipe Brasileira

Bárbara Muller e Chantalla Furlanetto reunem surfistas durante dois dias para sessões nos picos de Itacaré

Camila Belfort divulga vídeo com o seu dia a dia na cidade de Itacaré (BA)

Júlia Duarte vence etapa do Circuito Brasileiro Profissional na praia da Tiririca, em Itacaré (BA)

Free surfer Tácia Veloso mostra sua recente surf trip nas ondas da Nicarágua

Etapa válida pelo Brasileiro Profissional Feminino acontece entre os dias 7 e 9 de junho na praia da Tiririca

Sol Carrion e Catarina Lorenzo fazem final na etapa do Circuito Brasileiro de Surf Feminino em Itamambuca (SP)

Etapa do Brasileiro Profissional Feminino acontece entre os dias 7 e 9 de junho na praia da Tiririca, em Itacaré