Talento natural

Confira entrevista exclusiva com Diogo Santos, campeão baiano Sub 18


Diogo Santos é local de Olivença, lugar que tem tradição em revelar talentos, como Jojó de Olivença, Rudá Carvalho e Franklin Serpa. Este ano o atleta foi campeão baiano Sub 18, uma categoria acima da sua. Para coroar seu excelente momento, Dioguinho ainda conquistou o título de campeão sergipano, também na Sub 18. Sob a tutela de Marcelo Bacana, seu técnico e manager, planeja alçar voos mais altos em sua carreira.

"Comecei a trabalhar com Diogo em 2015, num evento em Vilas do Atlântico. Ele é um menino atencioso, tranquilo, focado, que sabe o que quer. Estamos evoluindo e esperamos colher os frutos desse trabalho a nível nacional e quem sabe em um nível mundial", falou Bacana.

Batemos um papo com Dioguinho para saber mais sobre seus planos e metas para o futuro.

SurfBahia - Você foi campeão Baiano na Sub 18, uma categoria acima da sua, como se deu essa conquista?

Diogo Santos - Estou muito feliz em conseguir obter esse resultado na minha carreira! Fruto de treino e dedicação para conseguir esse resultado. Junto comigo estava o meu treinador Marcelo Bacana, me ajudando nos meus treinos diários.

SB - Você vem de Olivença, um lugar que já revelou nomes como Jojó de Olivença, Rudá Carvalho e Franklin Serpa. Qual a importância desses atletas na sua formação?

DS - É muita inspiração. Quando eu lembro deles, esses caras, meus ídolos, tudo que eles conquistaram, que eles conseguiram obter em todos esses anos na carreira. Pensei em focar mais nos treinos e nas competições, até fui conversar com Franklin, para saber qual era o segredo de ser um campeão. Ele me respondeu dizendo que era o treino, "treine Dioguinho", ele disse (risos). Fiquei com isso na cabeça, já que ele tem experiência, e o resultado veio.

SB - Você também foi o campeão Sub 18 no Circuito Sergipano. Como foi sua performance em Sergipe?

DS - Foi uma experiência incrível. Meu primeiro ano competindo um circuito fora do estado e vendo o surfe da galera de fora, conseguindo evoluir e treinar em um mar com condições diferentes. Confiei no meu potencial e criei uma confiança em mim mesmo, para chegar ao ponto de brigar pelo título sergipano e ser campeão do circuito.

SB - Como é sua rotina de treinos?

DS - Normalmente eu estudo pela manhã e treino a tarde toda.
Terças e quinta à noite faço treino funcional, para aprimorar a parte física.

SB - Quais os planos pra 2019?

DS - Meus planos são competir mais circuitos fora do estado e obter bons resultados. Quero conseguir formar uma parceria para que eu possa crescer e desenvolver meu surfe.

SB - Você faz um trabalho com Marcelo Bacana, que atua como técnico e manager. Qual a importância desse tipo de trabalho na sua carreira?

DS - Ele é um cara que me ajuda muito no meu desenvolvimento! Uma pessoa importante, sem dúvidas. Ele vem me treinando há um tempo e estou conseguindo obter resultados positivos com a presença dele como treinador.

Quero agradecer a Deus por tudo, por me dar forças pra que eu continue sendo um cidadão do bem, para que eu seja um bom atleta, um bom ser humano, que ele continue me dando humildade para tudo nessa vida e que eu consiga muitas vitórias na carreira com a presença dele em minha vida! Quero agradecer a minha família, que está sempre comigo em tudo. Aos meus amigos, que sempre estão presente, as pessoas que querem o meu bem, que querem me ver crescendo no surf e na vida!Agradecimentos aos meus apoiadores, as pranchas da Shaperia, a Mico Leão Pizzaria, por estar me ajudando, a Jully Loiola, ao Hotel Dom Giovani,, a Fisio Saúde Qualidade de Vida, me deixando preparado com o treino funcional, as meias Storms, a Opree sempre me ajudando. Ao meu treinador Marcelo Bacana, que vem me treinando e me ajudando no meu desenvolvimento. A Federação Baiana de Surf, fazendo belos eventos e ao site SurfBahia, fazendo belas matérias com o surfe baiano e divulgando os atletas da modalidade.

PUBLICIDADE http://www.uvstore.com.br

Relacionadas

Campeão baiano em 2017 e revelado em Ipitanga, Elson Vieira, o Sombra, fala sobre os principais momentos em sua carreira

Confira a entrevista exclusiva com Rayan Fadul, uma das promessas do surfe baiano

Confira entrevista exclusiva com Diogo Santos, campeão baiano Sub 18

Confira entrevista exclusiva com Davi Silva, campeão baiano profissional em 2018

Confira entrevista exclusiva com a campeã baiana Dani Albuquerque

Confira entrevista exclusiva com o atleta baiano Bino Lopes

Confira entrevista com Yagê Araújo, campeão Baiano Profissional de 2017

Atualmente na Califórnia, atleta baiano Namor Cayres é uma das novidades do time da Mahalo