Novidades no Tour

Direitas de Barra de La Cruz voltam ao calendário do Championship Tour


A World Surf League (WSL) anuncia mudanças de datas e novidades no calendário do Championship Tour (CT) 2021, que define os classificados para a decisão dos títulos mundiais no Rip Curl WSL Finals em setembro. O Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema foi transferido para os dias 11 a 16 de agosto e o Jeep Surf Ranch Pro passa a ser a próxima etapa depois da “perna australiana” no mês de junho. Já a grande novidade é a volta do México ao calendário depois de 15 anos, com o Corona Open Mexico apresentado pela Quiksilver nos dias 05 a 15 de julho em Barra de La Cruz, em Oaxaca.

Veja os próximos eventos após as etapas da Austrália:

6.a: etapa: Jeep Surf Ranch Pro: 25 a 27 de junho no Surf Ranch, Califórnia, Estados Unidos

7.a: Corona Open Mexico apresentado pela Quiksilver: 05 a 15 de julho em Barra de La Cruz, Oaxaca, México

8.a: Oi Rio Pro apresentado pela Corona: 11 a 16 de agosto em Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil

9.a: Outerknown Tahiti Pro: 22 de agosto a 01 de setembro em Teahupoo, Tahiti

Rip Curl WSL Finals 2021: 08 a 17 de setembro em Lower Trestles, Califórnia, EUA

* Todos os eventos e datas ainda estão sujeitos a alterações devido à possíveis restrições relacionadas ao COVID-19, inclusive para viagens internacionais.

“Desde o cancelamento do Circuito Mundial no início de 2020, a equipe da WSL tem trabalhado intensamente para retomar o CT e estamos orgulhosos de poder oferecer um calendário global em 2021”, disse o CEO da WSL, Erik Logan. “É uma prova do tremendo apoio dos nossos atletas, parceiros do governo, comunidades locais e do trabalho árduo e comprometido da nossa equipe, que somos capazes de realizar com segurança os eventos para a decisão dos títulos mundiais no WSL Rip Curl Finals, que vai estrear em setembro”.

“É muito bom ver os atletas de volta às competições, vestindo a lycra de novo na Austrália”, disse Jessi Miley-Dyer, SVP of Tours and Head of Competition. “Estou animada por podermos confirmar o restante do Tour e já ansiosa para os próximos eventos, especialmente para ver as mulheres surfando ao lado dos homens em Teahupoo depois de 15 anos”.

AMÉRICA LATINA – Outra novidade é o Corona Open Mexico apresentado pela Quiksilver para substituir o Santa Cruz Pro na Califórnia, que estava marcado para fevereiro e foi cancelado devido ao COVID-19. Além do retorno do México ao calendário, a América Latina volta a sediar duas etapas do World Surf League Championship Tour, o que não acontecia desde 2007, quando também teve um evento em Arica no Chile. O Oi Rio Pro apresentado pela Corona inicialmente agendado para junho, foi transferido para agosto, na reta final para definir os cinco homens e cinco mulheres para o Rip Curl WSL Finals.

Curiosamente, as duas únicas etapas que aconteceram na América Latina, fora do Brasil, foram vencidas pelo tricampeão mundial Andy Irons (in memoriam). O havaiano ganhou a do Chile em 2007 nos tubos de El Gringo, em Arica, bem como a da última vez que os melhores surfistas do mundo competiram no México em 2006. O evento aconteceu na mesma cidade de Oaxaca, onde fica Barra De La Cruz, praia paradisíaca já conhecida pelos longos tubos que foi escolhida para receber o Corona Open Mexico apresentado pela Quiksilver.

O evento foi confirmado como a sexta etapa do World Surf League Championship Tour e será disputado entre os dias 05 e 15 de julho. Já o Corona Open J-Bay, originalmente programado para acontecer de 25 de junho a 9 de julho na África do Sul, bem como o MEO Pro Portugal em Ericeira que também estava no calendário, foram oficialmente cancelados para esse ano. A WSL está trabalhando para que estes tradicionais eventos retornem em 2022.

Challenger Series

O Challenger Series é o novo campo de batalha para os surfistas mostrarem seus talentos na batalha pelas vagas para a elite do World Surf League Championship Tour. Nesta temporada reduzida, a WSL está confirmando quatro eventos para as categorias masculina e feminina, na Califórnia (EUA), Portugal, França e Havaí. As datas ainda serão divulgadas.

O Sydney Surf Pro e o Piha Pro New Zealand Challenger Series, que também estavam previstos, foram adiados para 2022 devido ao COVID-19. A WSL espera que esses importantes eventos retornem ao calendário do Challenger Series no próximo ano.

As atualizações e mais informações sobre o calendário das etapas regionais do Qualifying Series, podem ser acessadas no WorldSurfLeague.com.


PUBLICIDADE

Relacionadas

Confrontos da próxima etapa do Tour em Rottnest Island, no oeste australiano, são divulgados

Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb vencem o Margaret River Pro na Austrália

World Surf League divulga a primeira fase do Margaret River Pro, próxima etapa do Championship Tour

Gabriel Medina venceu o Narrabeen Classic e assume a liderança do Circuito Mundial

Direitas de Barra de La Cruz voltam ao calendário do Championship Tour

Ítalo Ferreira vence Gabriel Medina na final do Newcastle Cup em Merewether Beach

World Surf League divulga calendário com quatro etapas na Austrália

Confira as fotos do fotógrafo Lucas Cavalcante na final do Masculino do Circuito Brasileiro Profissional