Mad dog na Jagua

Big rider baiano Marcio Freire encara swell de ciclone na Laje da Jagua (SC)


Um dos maiores nomes da história da Bahia quando o assunto é ondas grandes, Marcio Freire partiu em busca das ondas mais pesadas do Brasil neste inverno.

Depois de se aventurar nas praias de Saquarema (RJ), o "mad dog" seguiu parar encarar um swell de ciclone no Sul do Brasil.

O destino foi a Laje da Jagua, em Jaguaruna (SC), onde Freire foi recebido pela equipe da Atow-Inj (Associação de Tow-In de Jaguaruna).

Em um mar agitado e perigoso, o baiano pegou a maior onda que já surfou no Brasil, mas uma infelicidade dos fotógrafos fez com que a bomba não fosse registrada.

"Eu e Baiuka estávamos muito para baixo da bancada. Por um vacilo nosso, a máquina caiu na água sem caixa-estanque e não conseguimos registrar esta onda do Marcio, que foi inacreditável. Uma pena, pois certamente foi uma das maiores que já vi no pico", lamentou o fotógrafo Luis Reis em texto publicado no site Waves.

"Uma grande perda, equipamento zerado e prejuízo de R$ 8 mil. Faz parte de quem arrisca, mas para mim a maior perda mesmo foi não ter registrado essa onda", continuou o fotógrafo.

Marcio Freire também falou sobre a onda: "Já tinha dropado umas duas, e Jacaré insistiu que a maior do dia ainda viria, e realmente ela veio. Foi uma bomba, quando saí no fim da onda não acreditava. Foi a minha maior já surfada no Brasil", relata Freire.

PUBLICIDADE Banner UV Guilherme

Relacionadas

Apontado como forte candidato ao prêmio do WSL Big Wave Awards, Caio Vaz fica fora da final e mostra decepção

Big rider baiano Marcio Freire encara swell de ciclone na Laje da Jagua (SC)

Márcio Viana descreve sessão histórica durante poderoso swell em Jaws

Baianos Marcio Viana e Rick Breyner encaram as ondas de Jaws, na ilha de Maui

Danilo Couto é um dos convidados para o tradicional The Eddie Aikau Big Wave Invitational

Yuri Soledade fala sobre o convite para participar do Eddie Aikau Big Wave Invitational em Waimea

Danilo Couto na principal e Yuri Soledade como alternate no Eddie Aikau Big Wave Invitational

Bino Lopes aproveita swell no North Shore havaiano para encarar Waimea Bay