Jardim poluído

Fotógrafo e freesurfer Gustavo Radel flagra situação de descaso na praia de Armação


A praia do Jardim de Alah é sempre destaque no SurfBahia devido ao tubos e às boas ondas que quebram no pico, mas desta vez o assunto é mais delicado.

O fotógrafo e freesurfer Gustavo Radel, frequentador assíduo, relata uma situação que, para os frequentadores do local, não é novidade: o lixo que se encontra na areia da praia.

"No fim de tarde da terça (11/7), rolavam umas séries bem grandes, de uns 2 metros. Na hora em que fotografei, não havia ninguém na água, pois estava fechadeira. Lembro que comentei com o pescador, que estava no local quando eu cheguei, que a Prefeitura deveria ter algum serviço de limpeza de praia, e ele me falou que esse serviço já existia, e que os caras responsáveis pela limpeza já tinham passado por lá mais cedo (uns tratores que passam durante o dia). Então, vem a questão: ou esse serviço está sendo mal executado (e mal fiscalizado), ou está mal dimensionado (pouco recurso para muita praia). Enfim, a situação estava crítica. Muita sujeira! O pescador não conseguiu pegar nenhum peixe, mas nas duas varas ele pegou um punhado de saco de lixo", comentou Gustavo.

PUBLICIDADE http://bit.ly/1ZEkdaJ

Relacionadas

Associação Camaçariense de Surf e orgãos de proteção ambiental realizam ato em defesa da APA em Arembepe

Moradores do bairro questionam obra de requalificação na praia da Pituba

Associação de Surf de Valença e parceiros promovem mutirão de limpeza na praia de Guaibim

Surfista baiano tem braço mordido por tubarão em Fernando de Noronha

Oceanógrafos analisam o intenso inverno de 2017 na capital baiana

Milhares de pessoas são evacuadas em área em torno do vulcão Mount Agung em Bali

Fotógrafo e freesurfer Gustavo Radel flagra situação de descaso na praia de Armação

Manifestação em defesa do Rio Jaguaribe acontece neste domingo (4/6) em Salvador