Stella ameaçada

Área na praia de Stella Maris volta a ser alvo de discussões entre a comunidade


A área localizada na praia de Stella Maris onde surfistas, moradores e turistas tem acesso para a praia foi asfaltada, as dunas frontais foram destruídas, o solo impermeabilizado e os resíduos estão afetando a restinga que ali se localiza.

Stella Maris foi descoberta pelos surfistas, sempre foi palco de grandes competições e pode ser considerada como patrimônio cultural do surfe.

Essa área, que agora uma pessoa diz ser dona, foi uma ação do Fico Surf Festival, que em 1997, a adaptou para receber toda estrutura daquele campeonato brasileiro de surf.
 
Se nada for feito, teremos que pagar para estacionar e fazer eventos, pois o projeto do comodatário, que está em total desacordo com o projeto de requalificação da orla de Stella Maris, só objetiva o interesse pessoal em tornar o local um estacionamento privativo.

O projeto para requalificação, que foi construído com a comunidade em três audiências, foi totalmente desrespeitado. Impermeabilizar o solo é gerar um impacto ambiental, que originará outros impactos. Ou nos mobilizamos, ou essa situação não será revertida, e teremos um prejuízo enorme para a natureza e a comunidade local.

*Este texto foi enviado para a redação do SurfBahia e por motivos pessoais o autor pediu para não ser identificado

PUBLICIDADE http://bit.ly/1ZEkdaJ

Relacionadas

Associação Camaçariense de Surf e orgãos de proteção ambiental realizam ato em defesa da APA em Arembepe

Moradores do bairro questionam obra de requalificação na praia da Pituba

Associação de Surf de Valença e parceiros promovem mutirão de limpeza na praia de Guaibim

Surfista baiano tem braço mordido por tubarão em Fernando de Noronha

Oceanógrafos analisam o intenso inverno de 2017 na capital baiana

Milhares de pessoas são evacuadas em área em torno do vulcão Mount Agung em Bali

Fotógrafo e freesurfer Gustavo Radel flagra situação de descaso na praia de Armação

Manifestação em defesa do Rio Jaguaribe acontece neste domingo (4/6) em Salvador