Ceviche com dendê

Fotógrafa baiana Nathaly Pinheiro exibe galeria de fotos do norte peruano


Depois de passar uma temporada no norte peruano, a fotógrafa baiana Nathaly Pinheiro voltou com o HD recheado de belos momentos.

A paixão de Nathaly pela fotografia surgiu durante um mochilão pela América do Sul, há mais de dois anos. Depois de alguns anos de planejamento, ela decidiu deixar a vida em Salvador e mochilar sem data de retorno. "Não tinha bem claro o que fazer da minha vida profissional, mas sabia que já não queria mais estar diariamente em um escritório e torcia para encontrar a resposta ao longo do caminho", conta.

Ela começou mochilando pela Argentina, onde viveu durante um tempo. Na Patagônia, conheceu lugares incríveis, paisagens entre lagos e montanhas totalmente diferentes das brasileiras. "Queria compartilhar com meus amigos e a família para que, de alguma forma, pudessem viajar junto comigo, e daí comecei a me interessar mais pela fotografia", revela a fotógrafa.

No Chile, Nathaly teve a sorte de ser hospedada duas vezes por fotógrafos, através do serviço de hospitalidade conhecido como Couchsurfing. "Eles abriram o mundo da fotografia pra mim. Durante o tempo em que estive hospedada com eles, compartilharam muito do que sabiam comigo e me inspiraram a levar essa paixão a sério. Lá mesmo comprei a primeira câmera réflex (dslr), e com o tempo fui aprendendo mais por conta própria, estudando entre um destino e outro e descobrindo que poderia fazer desse hobby um trabalho", continua.
 
Nesses dois anos e meio de viagem, esteve na Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Peru, onde vive há mais de um ano.

Atualmente, além da fotografia de viagens, ela se dedica à fotografía de aventura. Há pouco tempo esteve na cordilheira branca, no Peru, fotografando com um grande montanhista peruano da North Face, Richard Hidalgo, que tem como objetivo subir as 14 montanhas mais altas do mundo sem oxigênio auxiliar e ajuda de sherpas. "Para fazer as fotos, tivemos que dormir uma noite aos pés de uma geleira, caminhar e subir montanhas acima dos 5 mil metros todos os dias, uma altura que exige bastante. O que gosto muito desse tipo de fotografia é que, além de estar entre a natureza, explorando lugares novos, está a oportunidade de conviver com pessoas tao determinadas e corajosas como ele", conta Nathaly.
 
O surf também faz parte do trabalho de Nathaly. "Há muitos anos, lembro de ter visto uma matéria sobre as fotografias de Clark Little e me pareceu fantástica a forma como ele retratava as ondas. Lembro que essa foi a primeira vez que a fotografia de surf me chamou atenção. Na época já surfava, mas as câmeras aquáticas não eram tão acessíveis. Em agosto, fui morar um tempo em Lobitos, Peru. É uma cidade muito pequena, minha casa era a dois passos da praia, praticamente todo o dia estava com minha câmera entre uma praia e outra registrando as ondas perfeitas que quebram por lá, e acho que como a maioria, a vontade de ter o mar e a praia como local de trabalho é o principal motivador pelo interesse na fotografia de surf", explica a fotógrafa.
 
Suas principais inspirações nos cliques são Clark Little, por sua criatividade e coragem em colocar-se em frente às ondas; Ray Collins, por sua forma e perspectiva única de retratar as ondas, além de Morgan Maasen, Chris Burkard e Jimmy Chin.
 
Agora em setembro, Nathaly retorna a Salvador, onde pretende ficar por quatro meses para fotografar pelos litorais norte e sul do Estado. Quem quiser fazer parte da aventura ou acompanhar a viagem, pode seguir @nathalypinheiro no Instagram ou acessar a página Nathalypinheirofotografia no Facebook.

PUBLICIDADE

Relacionadas

Fotógrafo Daniel Oliveira registra sessão de free surf na praia de Stella Maris

Fotógrafo Fabriciano Junior registra sessão na praia da Tiririca, em Itacaré (BA)

Fotógrafo Orlando Rodrigues registra sessão aquática na praia da Tiririca

Fotógrafo Fabriciano Junior registra free surf na praia da Tiririca, em Itacaré (BA)

Fotógrafo Fabriciano Junior registra sessão na praia da Tiririca, em Itacaré (BA)

Fotógrafo Pedro Santos registra sessão na praia da Pipa (RN)

Fabrício Bulhões treinando forte nas valas da praia de Stella Maris

Fotógrafo Luis Castro registra sessão durante o swell que fez o Farol da Barra quebrar