CONTEST ENTRAR NO CONTEST
.´ Mundo mágico de OZ em COLUNISTAS - SURFBAHIA, O Portal do Surf Baiano `.
  • 14/11/2008 17h40
  • Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook

Mundo mágico de OZ

Por Fabrício Fernandes


Cristiano OZ durante fabricação de prancha 6 e 8. Foto: Fabrício Fernandes.
Desde garoto, no final dos anos 80, quando comecei a surfar, me apaixonei pela praia de Ipitanga. Não somente pelas ondas, mas o visual, o clima do lugar, as pessoas amistosas.

Então, há oito anos resolvi me mudar para lá em busca do que virou moda se falar: qualidade de vida.

E há mais ou menos seis anos comecei a ver umas pranchas de uma marca nova na água, OZ Surfboards.

Como já fazia pranchas com muitos outros shapers, demorei um bom tempo para ir à nova fábrica, que é bem perto da minha casa. Na verdade, fui mesmo por uma emergência, uma quilha quebrada e que eu precisava que fosse consertada no mesmo dia, já que estava indo ao Rio de Janeiro à noite e não poderia ir sem a minha prancha.

Conversei com Cristiano, o shaper da OZ, e ele me falou que de tardinha poderia ir buscar. Não é que o conserto ficou pronto em tempo hábil? E em condições perfeitas!

A partir desse dia, comecei a fazer pranchas com ele. Primeiro uma fish 5 e 8, depois uma 6 e 1 round e, por último, na esperança de um mar um pouco maior, fiz a minha 6 e 8 pin, que já deu o que falar. Um monte de gente se apaixonou pela prancha porque Cristiano colocou a foto dela no Orkut.

Cristiano “Mágico” de OZ tem 26 anos, um filhinho de 5 e, talvez por isso, sabendo da necessidade de dar um futuro melhor para ele, seja um cara tão batalhador e determinado.

OZ, como gosta de ser chamado, vem de uma família que não tem muitos recursos, mas vem construindo com seu esforço e humildade uma carreira sólida e tem conquistado muitos adeptos à sua marca pelo carinho, paixão e talento que ele tem com a plaina.

Começou a surfar há mais de 15 anos, a fazer consertos de pranchas há uma década e há oito anos vive coberto por pó de isopor, fibra de vidro e resina epóxi.

Hoje Cristiano busca novos parceiros para alçar vôos mais altos, como distribuir suas pranchas para todo o Brasil, fazer um trabalho de conscientização ecológica, uma escolinha de surf e treinamento de novos shapers junto à comunidade carente da região.

O talento desse garoto é realmente algo mágico. Pude acompanhar todo o processo da minha 6 e 8, desde o desbastar do pólio, os traços de curva de fundo, a laminação, pintura; enfim, todas as etapas eram feitas por ele com o mesmo carinho, paixão e brilho nos olhos. E o produto final era mágico como o mundo de OZ.

Publicidade
  • interação | Clique aqui para Comentar
    • Nome:
      Email:
      Mensagem:

comentários

Charles Carvalho Magalhães
Segunda-Feira, 05/08/2013 - 0:28

[...] Bom dia amigo, gostaria de aproveitar sua experiencia em resina epoxi para me ajudar com um problema que estou tendo. Sou faço iscas artificiais em madeira para a pesca esportiva, o problema é que a resina epoxi que uso para dar brilho esta coagulando e aglutinando não tem alastramento uniforme, a aplico com pincel, voce pode me ajudar com a solução deste problema. Desde já muito obrigado por seu tempo. Grande abraço.

Rua José Ernesto dos Santos, nº 47, Ed. Empresarial Center, sala 203, Centro, Lauro de Freitas (BA). CEP: 42.700-000 -
© Surf Bahia 2007-2012 - Todos os Direitos Reservados